Conheça a história de quem inspirou os filmes do Rocky Balboa

EM Cinema
Glauce
2 meses atrás

O nome Chuck Wepner lhe é familiar? E Rocky Balboa? O longa “Punho de Sangue”, que tem estreia prevista para maio de 2017, contará a verdadeira história de Chuck Wepner, o lutador que inspirou o Rocky Balboa.

Em “Punho de Sangue” a vida de um vendedor de bebida de New Jersey, que se tornou boxeador peso-pesado e entrou no ringue 15 vezes com o maior pugilista do mundo, Muhammead Ali, ganhará vida.

Punhos-de-Sangue-poster

O ator Liev Schreiber viverá Werner nas telonas e protagonizará suas lutas, sendo que as mais duras foram fora do ringue, mostrando uma vida de bebedeiras, drogas, mulheres, passando por altos e baixos ao extremo.

“Esse não é um filme sobre boxe, por assim dizer. É uma história de ascensão, queda e redenção. Ela desafia nossas expectativas”, diz a produtora Lati Grobman.

Assista ao trailer:

Glauce
Sobre Glauce

Sagitariana que ama sua liberdade física e emocional. Uma Biomédica Imunologista de formação, que nutri um paixão não tão secreta pela Bacteriologia e Aviação.... Viciada em livros, sendo uma bookaholic por opção e paixão, que sonha com o brevê... Uma pessoa que se pudesse passaria a vida em curso, uma hora aqui outra lá.

 

COMENTÁRIOS

  • Lara Caroline

    Oi Glauce, tudo bem?
    Apesar de não curtir muito lutas, eu achei este trailer muito legal e pretendo assistir ao filme quando ele estiver disponível na Netflix (vai demoraaaaaar rsrsrs)
    Achei que seria apenas, murro atras de mais murro, mas tem uma história por trás das lutas e eu achei isso interessante.
    Beijos

  • Leonora Oliveira

    Posso assim dizer que gosto DEMAIS de filmes que tem muita ação e lutas, e o que achei interessante em Punhos de sangue é que ele mostra muito mais do que isso: a vida dura do Werner fora dos ringues.
    Ah! Vou assistir, sim!!
    Beijos!!

  • Alessandra Fernandes

    Não gosto de filmes de lutas, e mesmo que Punhos de Sangue mostre o outro lado do personagem, suas dificuldades e vícios, ainda não consegui me convencer em assistir. Para quem gosta do gênero, o filme é uma ótima dica.
    Bjos!