Apesar da sensação de déjà vu, o segundo livro da série “As Irmãs Cynster” traz um casal ainda mais interessante

EM Resenhas
leilane
3 meses atrás

Salva Por Um Cavalheiro - Stephanie Laurens

Livro: Salva por um Cavalheiro
Autora: Stephanie Laurens
Tradutora: Michele Gerhardt
Série: As Irmãs Cynster – Nova Geração – Livro 2
Nota: 4/5
Editora: HarperCollins Brasil
Páginas: 368

Eliza Cynster estava cansada do excesso de proteção que vinha recebendo de sua família desde que sua irmã foi sequestrada – mas felizmente resgatada. Ela sabia que poderia ser a próxima, mas sua família já estava lhe tirando do sério, por isso quando recebe um bilhete para se encontrar com um cavalheiro misterioso durante o noivado de sua irmã, ela não hesita e vai ao local combinado, mas tudo não passava de uma armadilha para sequestrá-la. O mesmo homem que sequestrou sua irmã contratou captores mais eficazes desta vez e Eliza é mantida sedada e está praticamente sem esperanças de ser resgatada. Entretanto, uma chance aparece quando ela consegue chamar atenção fugazmente do erudito Jeremy Carling na estrada remota por onde percorriam antes de ser silenciada por seus captores. Ele por sua vez fica chocado demais para reagir imediatamente e depois de perceber que se tratava de uma das irmãs Cynster e que ela havia sido sequestrada, Jeremy coloca toda sua inteligência à prova para salvá-la, já que o tempo está correndo e ninguém sabe o que o aristocrata quer fazer com Eliza.

Salva Por Um Cavalheiro - Stephanie Laurens - HarperCollins

A premissa do livro é muito parecida com a do primeiro livro da série. Apesar de ser uma missão de salvamento seguida de uma perseguição implacável bem mais interessante do que a anterior, foi um pouco cansativo ter de passar pelas mesmas sensações. Sabemos que o aristocrata que encomendou o sequestro estava fazendo isso porque está sendo forçado pela mãe a arruinar uma Cynster e não deseja fazer um mal real às irmãs, mas tanto Heather quanto Eliza não sabem, tampouco seus salvadores, de modo que essa consciência deixou esta história mais arrastada. A única diferença que modifica o quão perigo os personagens estão correndo é que além do aristocrata os estarem perseguindo – pois quer ter certeza que a interação deles pode levar a um casamento, o mesmo que ele faz no primeiro livro –, um dos homens contratados para o sequestro, mesmo tendo sido demitido, não desistiu de sua “presa”.

Eliza é uma ótima personagem, é mais reservada que suas irmãs, mas deseja encontrar o amor assim como sua irmã Heather encontrou, ela só não esperava que viria na forma de um erudito especialista em hieróglifos que se prova um herói muito inusitado e determinado. Depois que Jeremy consegue salvá-la bem debaixo dos narizes dos captores, ocorrem alguns imprevistos que possibilitam que tanto o aristocrata quanto o sequestrador os sigam. E esse é outro ponto que me incomodou na história, pois acredito que a Eliza poderia ter ficado na casa do amigo de Jeremy, já que este amigo era casado e ela teria companhia feminina, sem problemas para sua reputação. Por outro lado, sem que eles tivessem passado tantos perrengues, eles não teriam ficado juntos, então foi uma parte forçada, mas necessária para dar continuidade na história.

Felizmente, a interação entre a Eliza e o Jeremy recompensa isso. Nenhum dava para o outro muito crédito, as características preconcebidas que cada um tinha de si mesmos e do outro logo caem por terra, o que permite que eles descubram muita coisa e gostem muito de quem se tornaram, despertando um amor bem crível entre os dois, por isso amei ainda mais este casal do que o anterior. E fico na torcida para a HaperCollins lançar logo o próximo, pois finalmente vamos descobrir a história deste aristocrata misterioso.

leilane
Sobre leilane

Leitora apaixonada e colecionadora de livros e tudo relacionado a livros. Em um mundo cheio de atribulações, os livros são sua constante. Ama a família e os amigos. Fã de filmes e séries. Tradutora formada em Letras Inglês/Português e também é Bacharel em Turismo.

 

COMENTÁRIOS