“Sem Limites Para o Prazer” nos faz pensar que tudo nessa vida tem limites

EM Resenhas
Glauce
1 mês atrás

Sem-Limites-Para-o-PrazerLivro: Sem Limites Para o Prazer
Autora: JC Ponzi
Nota: 2/5
Editora: Ler Editorial
Pagina: 379

Temos um livro nas mãos que é o típico “Ame ou Odeie”! “Sem Limites Para o Prazer” é 8 ou 80… Então vamos descobrir em qual parcela eu me encaixo, e já peço desculpas caso apareça alguma palavra de baixo calão, vou tentar me policiar.

Primeiro a sinopse do livro:
Jessica Becker é o tipo de garota invejada por todas. Linda e nascida em berço de ouro, sabe o poder que tem nas mãos e utiliza seus atributos para satisfazer suas vontades. Nem mesmo homens mais velhos, de reputação, conseguem resistir aos encantos da aluna mais popular da MVA. Com planos bem traçados e prestes a concluir o último ano da High School, Jessica se vê balançada pelo novato Theodore e começa a questionar os meios que utiliza para alcançar seus objetivos. Será o ingênuo rapaz capaz de despertar sentimentos verdadeiros na garota mimada e sem escrúpulos.

Eu já li muitos livros, nem todos me agradaram, alguns chegaram ao ponto de eu não conseguir terminar de ler, e olha que eu sou persistente. Outros que me irritaram e muito, ou com o autor ou com a personagem, acho que todos já tiveram um momento assim.

“Sem Limites Para o Prazer” foi um livro que me irritou, e não foi ao longo da leitura, foi logo na primeira página, com a descrição da personagem. Já peguei personagens fúteis, patricinhas, mas essa, que vontade de sentar a mão para apagar com a perfeição sobre a face da Terra.

Até o capitulo dezenove, eu estava sem saber qual era o objetivo da história, porque até esse momento a Jessica tinha dado mais que chuchu na cerca as escondidas, e quando terminava era uma água no rosto, e passava a ser a Jessica virginal para a sociedade, e exclamando que queria o Reitor do colégio para ela. Nada contra, cada um faz o que quiser com a sua sexualidade, quer dar para todo mundo, okay, quer ser a puritana, okay também, agora não vem com a hipocrisia de se fazer de santa e recatada, porque é irritante.

No capitulo vinte nós descobrimos qual é o suposto objetivo do livro, e descobrimos que as coisas não são realmente o que aparentam certa, exceto a Jessica que continua sendo a Jessica. Em média a cada 5 páginas era uma revidada de olho e o pensamento de “serio mesmo?”. O livro está recheado de situações e frases clichês, entre elas “Quer romance? Compre um livro.”, “Quer fidelidade, irmãozinho? Arranja um cachorro!”

Sem-Limites-Para-o-Prazerr1

Me senti lendo um enredo de novela pornô, é tanta picuinha e tanta vingança trocada que olha, até cansa, porque assim que alguém se vinga já vem o pensamento, “pronto, retornamos ao círculo vicioso da vingança”. Por falar novela pornô, o linguajar está certinho, mais chulo que isso só dois disso, melhor nem dar exemplos deles. Continuando na parte do linguajar, para uma história, que se passa em um colégio de prestígio, com os alunos privilegiados, eles poderiam fazer melhor uso do vocabulário, porque ficou feio a Jessica querendo se passar de virginal, inteligente, falando “Após a janta”, já que ela quer mostrar classe e sofisticação seria melhor usar “Após o jantar”.

Você deve estar pensando, nossa, já que ela comentou que ela achou que é uma novela pornô as cenas de sexos são boas. Não, não são! Não espere detalhes das cenas, além, do órgão genital masculino, que varia entre grosso, pulsante e pequeno, ao órgão genital feminino. Esse livro não tem um personagem que é falsa, todos têm a sua parcela.  Conforme eu ia lendo, só consegui pensar, nossa, história com cara de Wattpad, e qual não foi a minha surpresa ao realizar uma pequena pesquisa, a história originalmente começou a ser publicado no Wattpad, não estou falando que no Wattpad não tem histórias boas, longe disso, já li muitas histórias boas. Só que essa tem o estilo pornô Wattpad, se é que vocês conseguiram me entender.

A diagramação do livro é muito boa, os capítulos em geral são curtos, durante o livro você terá a visão da história por dois pontos de vista, o da Jessica e do Theo, um fato que eu sempre gosto nos livros, porque dá para saber os dois lados história, e tira um pouco a visão embelezada que um personagem tem do outro.

Acho que já deu para perceber em qual parcela eu me encaixo. Eu não gostei, foi uma leitura realizada com muita perseverança, com o pensamento de, ainda vai melhor, continua que melhora. Mas na minha opinião não melhorou, o livro foi a mesma coisa do começo ao fim. Já li opiniões de pessoas que gostaram, eu não consegui ver o que elas viram, então é questão de gosto. Eu não gostei, porém vocês podem gostar. (OU NÃO)

Glauce
Sobre Glauce

Sagitariana que ama sua liberdade física e emocional. Uma Biomédica Imunologista de formação, que nutri um paixão não tão secreta pela Bacteriologia e Aviação.... Viciada em livros, sendo uma bookaholic por opção e paixão, que sonha com o brevê... Uma pessoa que se pudesse passaria a vida em curso, uma hora aqui outra lá.

 

COMENTÁRIOS

  • Lara Caroline

    Oi Yasmin, tudo bem?
    Eu nunca li uma resenha tão engraçada como esta hahahahah consegui imaginar você afundando as teclas do teclado de raiva deste livro. Acho que compartilho da mesma opinião que você. Achei o livro péssimo apenas pela sinopse, e não quero nem saber de lê-lo.
    Beijos

  • Karina Carvalho

    Só tenho a dizer que tentei com muita força passar da pagina 5 , não consegui !

    • Lara Caroline

      Hahahahahaha