“Uma Dama Imperfeita” traz um tipo de diversão encantadora, mas também nos deixa com o coração na mão

EM Resenhas
leilane
2 meses atrás

uma-dama-imperfeita-lucy-vargas

Livro: Uma Dama Imperfeita
Autor: Lucy Vargas
Série: Os Preston – Livro 2
Nota: 5/5
Editora: Charme
Páginas: 384

Bertha Gale não é uma lady no nome, mas foi educada como uma. Seus pais a deixaram aos cuidados dos Prestons para que ela fizesse companhia a filha mais velha, Lydia Preston, e sendo essa família diferente da maioria da sociedade inglesa, eles a consideram verdadeiramente como parte dela. Bertha é muito feliz por eles a terem em tão alta conta, e sua natureza calma e sensata a tornam a dama de companhia perfeita para contrabalancear a impulsividade de Lydia. Entretanto, ela chama atenção de um dos herdeiros mais cobiçados da temporada, Eric Northon, o Lorde Bourne, e o que era para ser uma temporada tranquila, sentada nas cadeiras das solteironas, começa a se tornar um pesadelo quando ela fica dividida entre corresponder esse interesse, chamando uma atenção muito indesejada e prejudicial para sua reputação, ou fugir dali para o conforto do lar de seus pais e sofrer pelo resto da vida por nunca ter dado chance ao seu primeiro amor.

Uma-Dama-Imperfeita-Lucy-Vargas

“Uma Dama Imperfeita” é o segundo livro da série “Os Preston” da autora nacional Lucy Vargas. Já se passou uma década desde os acontecimentos de “O Refúgio do Marquês” e é chegada a primeira temporada da filha mais velha, Lydia, que será acompanhada por sua melhor amiga Bertha. Foi uma delícia ler a história dessas duas, diverti-me demais com o grupo de jovens românticos do qual elas fazem parte e dos apelidos geniais que poderiam ser maldosos, mas acabam se tornando carinhosos, pois nasce uma amizade verdadeira entre eles. O casal é adorável e a intransponibilidade da diferença de suas posições sociais, tão importante para a época, faz com que torçamos por eles do começo ao fim.

Este é o quarto livro que leio da autora e foi mais uma confirmação de que amo demais as histórias e a escrita da Lucy, mas teve um porém: quase morro do coração com o final do livro! Fazia tempo que não ficava tão tensa com um final, a autora quis mostrar as dificuldades da época, e são inúmeras, principalmente em relação às mulheres, mas a personagem escolhida para passar por essas provações fez meu coração se revirar o tempo todo. Mas é inegável que a história ficou mais rica e intensa com essa escolha.

Não consigo nem apontar o que mais amei na história, foi um tipo de diversão encantadora muito similar a que senti lendo Jane Austen – que, aliás, é citada na história; pulos de alegria –, então acho que por aí já dá para se ter uma noção de que foi uma leitura especial. E gostei muito de ler a nota da autora no final para entender muitas de suas motivações e mesmo com toda a tensão do final, que ainda estou me recuperando, este é um dos melhores romances de época que já li! Não vejo a hora de ler o próximo e saber mais desse grupo de jovens românticos e incorrigíveis que ela criou, na torcida para ser lançado o mais breve possível.

leilane
Sobre leilane

Leitora apaixonada e colecionadora de livros e tudo relacionado a livros. Em um mundo cheio de atribulações, os livros são sua constante. Ama a família e os amigos. Fã de filmes e séries. Tradutora formada em Letras Inglês/Português e também é Bacharel em Turismo.

 

COMENTÁRIOS

  • Lara Caroline

    Oi Leilane, tudo bem?
    Eu adoro romances de época, mas desanimei quando vi que eles seguiam sempre o mesmo clichê. Quando vejo algum que esteja seguindo por uma linha diferente já fico super animada. Adorei a resenha e a história me chamou muito atenção me deixando curiosa para ler este livro.
    Beijos

  • Alessandra Fernandes

    Oi, Leilane!!
    Que resenha adorável! Eu, como uma leitora assídua em romances de época, já declarei este livro para ser o próximo á ser lido. Fico deslumbrada com os bailes, intrigas, fofocas e claro, os romances que acontecem nestas obras, nos arrancando grandes suspiros.
    E este final?? Quero saber!! ;D
    Bjs!