Especial Guerra: “O Menino no Alto da Montanha” – John Boyne

EM Drama
yasmin
7 meses atrás

O-menino-no-alto-da-montanhaLivro: O Menino no Alto da Montanha
Autor: John Boyne
Tradutor: Henrique de Breia e Szolnoky
Nota: 4/5
Editora: Seguinte
Páginas: 288

John Boyne conseguiu mais uma vez, de maneira bem ousada, narrar a história de uma criança que sobreviveu a Segunda Guerra Mundial pela sua perspectiva!

Em “O Menino no Alto da Montanha” somos apresentados ao Pierrot (ou Pieter, quem ele acaba se tornando ao longo do livro) um menino que ficou órfão e precisa ir morar com a sua tia Beatrix, no alto de uma montanha, num local chamado Berghof, onde sua tia é governanta. No entanto, a história começa no início da Segunda Guerra Mundial, e o senhor de Berghof é ninguém menos que Adolf Hitlher. Para um menino que perdeu o pai alemão, a mãe francesa e não se sente nem francês nem alemão, Pierrot acaba encontrando em Hitler um exemplo a ser seguido (sua paixão pelo país, a disciplina que está tentando impor), porém, seu mundo que sempre pareceu repleto de amor, começa a mudar quando decide seguir e apoiar ideias tão deturpadas…

“- Discordo – disse Katarina, colocando seu marcador no livro e olhando nos olhos dele. – Acho que não existem tantas maneiras de definir a palavra “bom”. Ou você é bom ou não é.”

Como definir esse livro em poucas palavras? Simples, só falar que um redemoinho de emoções! Uma história linda, marcante e muito diferente de tudo o que já li sobre a segunda guerra mundial – sendo de ficção ou não-ficção – esse livro vai fazer você sentir um aperto no coração, devido as perdas de Pierrot, e ao mesmo tempo vai te irritar e deixar frustrada com as transformações de um menino que parecia tão íntegro e amável, que nunca seria capaz de fazer nada para machucar as outras pessoas, principalmente por ter um amigo judeu e ser metade francês.

o-menino-no-alto-da-montanha1

John Boyne me surpreendeu com essa trama; dividida em três partes – os três grande momentos da grande guerra – a história não mostra apenas a inocência de um garoto que presencia a guerra e não entende o motivo de tudo aquilo estar acontecendo, mas de um menino que perdeu a sua família e precisa morar com sua tia Beatrix num lugar isolado e vê apenas como certo todos os ideais deturpados de Hitler, e como não consegue – inicialmente – entender o verdadeiro mal que está sendo feito, Pierrot tenta adentrar nesse mundo repleto de preconceitos, medo e morte com a vontade de se tornar um grande herói nazista.

“- Não deixe que eles o intimidem, Pieter – ela disse uma vez. – Não há nada que eu deteste mais que valentões. Não passam de uns covardes. Você precisa se defender sempre que puder.”

Essa história deveria ser uma espécie de leitura obrigatória para todas as idades, tanto por falar sobre a Segunda Guerra Mundial de maneira única (como é importante não seguir os passos dos outros quando no fundo nós sabemos que algo está errado), mas principalmente por mostrar que as pessoas são formadas por opiniões que o cercam, e quando um menino que está em fase de crescimento conhece uma pessoa tão marcante e autoritário quanto Hitler, ele fará de tudo para que consiga sua aprovação, mesmo matar todo seu passado Pierrot para se tornar o Pieter, um garoto alemão.

“O Menino no Alto da Montanha” é uma história perfeita para o especial guerra, pois além de mostrar atos terríveis que ela causou, revela também como algumas pessoas são culpadas apenas por omissão, e outras são culpadas por tudo (preconceito, infligir o medo, matança), mas que vai depender apenas de você querer escolher qual caminho seguir depois de tudo.

yasmin
Sobre yasmin

Uma menina apaixonada por livros e que com eles já conseguiu passar por situações muitas vezes impossíveis.Curso a faculdade de jornalismo.

 

COMENTÁRIOS

  • Lara Caroline

    Oi!
    Eu adicionei todos os livros do John Boyne a minha lista de desejados. Adoro como ele escreve as histórias sempre pelo olhar de uma criança, isso faz com que a história pareça mais sincera. Adorei a sua resenha e quero muito ler este livro <3

  • Alessandra Fernandes

    Sou uma fã de John Boyne. Todos seus livros estão sempre em minha lista de leituras, principalmente por ele retratar tão bem as guerras vividas por muitos.
    O Menino no Alto da Montanha pode até ser um livro de ficção, mas a forma com que a história é retratada é muito real, dolorosa e cruel, em especial, por contar as transformações de uma criança.
    Realmente, este livro deveria ser uma leitura obrigatória!
    Bjs, Yasmin!