Capitão América 2: O Soldado Invernal – Joe Russo, Anthony Russo

EM Críticas
marko
3 anos atrás

Pôster Nacional Capitão América 2

Capitão América – O Soldado Invernal é a melhor aventura solo do universo cinematográfico iniciado pela Marvel Studios em 2008. O filme tem roteiro mais bem elaborado, adulto e tenso que todos os anteriores, e as cenas de ação são de tirar o fôlego.

O filme não é sobre um personagem, não é um show de um homem só, como é Iron Man ou O Incrível Hulk. É sobre o mundo Marvel, apresentando inúmeros personagens e referências. Conta com uma boa dose de humor, mas não se perde em momentos cômicos. E ainda oferece antagonistas realmente perigosos e temidos.

Superando o original Capitão América: O Primeiro Vingador, mas também se aproveitando do tempo que este tomou para construir o personagem principal, a sequência conta com muito mais ação. São várias as cenas de lutas, perseguições, tiroteios e explosões, mas quase sempre investindo no realismo e no combate corpo a corpo. Apenas na batalha final os efeitos especiais roubam a cena.

A trama se passa dois anos após os eventos vistos em Os Vingadores. Capitão América virou agente especial da SHIELD, tendo a Viúva Negra como sua companheira nas missões.

Chris Evans está perfeito no papel e soube transmitir a evolução de um personagem, que mantém a integridade moral, mas perdeu aquela inocência vista nas outras duas aparições no cinema – no primeiro filme e em Os Vingadores. Ele se recusa a aceitar os métodos de uma organização que tem no sigilo e na intriga suas principais funções.

Num dado momento, o filme passa a mesma sensação da minissérie em quadrinhos Guerra Civil. O herói se vê perseguido e enredado numa conspiração em que não pode confiar em ninguém.

O Capitão América é um personagem idealista, que sempre lutou por ideais libertários e revolucionários. É mais comum em suas histórias ele estar posicionado contra, e não a favor do governo dos Estados Unidos, com o qual rompeu diversas vezes. É exatamente isso que vemos neste segundo filme: um super herói sendo caçado por uma agência vinculada e fundada pela ONU.

Nesse sentido, o filme traz uma trama bastante atual, repleta de traições governamentais e espionagem, que gera uma densidade de roteiro inédita nos filmes da Marvel até então. Não só isso: o que se tem aqui é o primeiro grande fruto do Universo Marvel cinematográfico, iniciado em 2008 com o primeiro Homem de Ferro.

Em outras palavras: esse filme não existiria, tal como ele é, sem que a Marvel tivesse interligado os seus filmes. Desta forma, é solapado um antigo problema dos roteiristas de filmes de ação: como contar uma história densa em um filme de menos de duas horas? Basta posicioná-lo no contexto de um universo maior.

Teaser de Capitão América 2 - O Soldado Invernal

Neste filme alguns amigos retornam como inimigos, outros como aliados. O personagem do subtítulo é interpretado por Sebastian Stan, que está extremamente parecido com o que foi desenhado por Steve Epting no gibi. Mesmo com poucas falas, Stan esbanja carisma e faz de seu Soldado Invernal um vilão pelo qual se quer torcer.

Scarlett Johansson está de volta, para seu terceiro filme como a agente Viúva Negra e serve de alívio cômico. Como sua personagem, Natasha Romanoff, é o oposto de Steve Rogers, os dois fazem uma dupla perfeita e são responsáveis pelos momentos mais divertidos do longa.

Repleto de ação e cenas de tirar o fôlego, o filme tem um tratamento editorial de primeira. A montagem é mais que competente. O filme não apresenta “barrigas” ou lances ruins. A ótima direção de fotografia é de Trent Opaloch que já havia provado que entende do assunto com Distrito 9 e Elysium. A trilha sonora, composta por Henry Jackman, cria os climas necessários paras as cenas de suspense e ação. Outro aspecto a ser considerado é a edição de som caprichada.

A Marvel acertou de novo, e sem dúvida, expandiu seu universo por muitos e muitos anos. Bom pra nós, fãs que não conseguem segurar a ansiedade pelo próximo filme de super herói desse universo tão palpável criado pela Marvel e adorado ao redor do mundo.

Captain America – The Winter Soldier  (EUA, 2013)
Direção: Joe Russo, Anthony Russo
Estrelando: Chris Evans, Scarlett Johansson, Samuel L. Jackson, Robert Redford, Sebastian Stan, Anthony Mackie, Cobie Smulders, Frank Grillo, Emily VanCamp, Maximiliano Hernández, Callan Mulvey
Duração: 136 min
Distribuição: Disney

marko
Sobre marko

 

COMENTÁRIOS

  • Todo mundo tá falando bem desse filme, que é o melhor que a Marvel já fez até agora e devo acreditar nisso…parece que ele tá incrível mesmo! Acompanho a série de TV que tá fazendo com que esse universo cresça ainda mais.
    Estou pensando em já ver o filme amanhã (mas não sei se terei prova)…fala alguma coisa aí da cena pós-crédito. É a cena que estou mais curioso…

  • Bianca…

    Depois dessa resenha eu já estou comprando meu ingresso para amanhã mesmo!!! Eu sabia pelo trailer que o filme ia ser bom mas não encontrar um defeitinho se quer é uma perfeição, só aumentou a ansiedade. Capitão America é meu herói preferido e não vejo a hora de conferir o filme *u*

  • Eu fiquei estarreciiiiida com as cenas! E é o último livro antes de Vingadores 2, fiquei louquinha.

  • *Corrigindo: último filme

  • Alicia Jaramillo

    Um dos filmes de ação que parecem incríveis. Em laaprticipación é o amor da atriz Scarlett Johansoon, sua personagem é um dos meus favoritos no filme