Capa de The Iron Trial, livro de Cassandra Clare e Holly Black

EM Divulgação de capa
yasmin
3 anos atrás

O USA Today divulgou a capa americana do primeiro livro da série Magisterium. The Iron Trial é o primeiro volume da série infantojuvenil escrita em co-autoria das autoras Cassandra Clare (Os Instrumentos Mortais e Peças Infernais) e Holly Black (As Crônicas de Spiderwick).

A história gira em torno do jovem Callum, um menino que domina magia e terá que frequentar a Academia para que conseguir controlar seus poderes e se tornar um guerreiro. O livro tem previsão de lançamento nos Estados Unidos para setembro, mas ainda sem nenhuma previsão aqui no Brasil.
Confira a capa e a sinopse:

The Iron Trial

De duas autoras best-seller muito famosas, uma parceria deslumbrante e mágica centrada nos estudantes do Magisterium, uma escola para aqueles com inclinação para magia. No primeiro livro, um novo estudante chega ao Magisterium contra sua vontade — é por ele estar destinado a ser um grande mágico ou a verdade é mais distorcida que isso? É uma jornada que o deixará tenso, surpreso e fará com que você considere sobre a clara divisão que é normalmente feita entre o bem e o mal.

Vale lembrar que a autora Cassandra Clare estará na Bienal do Livro de São Paulo este ano.

yasmin
Sobre yasmin

Uma menina apaixonada por livros e que com eles já conseguiu passar por situações muitas vezes impossíveis.Curso a faculdade de jornalismo.

 

COMENTÁRIOS

  • Capa bonita! Mas a história nem tanto…tem um outro garoto bem famoso que domina magia e frequenta uma escola para conseguir controlar os seus poderes também (tá, ele não vira um guerreiro, mas enfim).
    Acho que só lendo pra saber se não será mais do mesmo…

  • Bianca…

    Adorei a capa, é bonita e chamativa. Achei a sinopse interessante e pretendo lê-lo quando sair, o que parece que vai demorar um tempinho né, mas divulgação deve aumentar com a chegada da Cassandra 😀

  • Maria Eduarda dos Santos

    Realmemente a capa é muito bonita. Mas não me interessei tanto assim pela história. Ela até que é interessante, mas para mim faltou algo a mais.